44

2011

Em Julho, a Famesp é qualificada como Organização Social de Saúde e começa a firmar parcerias diretas com o Governo do Estado de São Paulo para gerir serviços de saúde, por meio de contratos de gestão.

Confira alguns depoimentos publicados na edição de n.º 24, de setembro de 2011, do Jornal da Famesp:

“É de suma importância para o Estado que a Famesp seja uma Organização Social de Saúde, podendo assim exercer seu papel mais ativamente nos hospitais e unidades de saúde do Estado, melhorando o serviço de saúde para toda a população paulista”.
Dr. Giovanni Guido Cerri - Secretário Estadual da Saúde

“A parceria entre o município e a Famesp é de extrema importância para a cidade, tanto com convênio com o Centro Saúde Escola, como as iniciativas do Ambulatório Médico de Especialidades (AME). Anteriormente, essa colaboração era mais lenta pela falta de condição judiciária, agora esses trâmites serão facilitados dando aasim mais condição de ajuda à população botucatuense. Já como ex-dirigente da Famesp, me lembro como esaa OSS fez falta para podermos trabalhar efetivamente. Parabenizo a atual direção pelo esforço de colocar em prática esse sonho”.
Prof. Antônio Luiz Caldas – Secretário Municipal de Saúde

“Para a região, a Famesp ser uma Organização Social de Saúde é de extrema importância, pois é uma entidade que já conhece a realidade dos serviços de saúde no interior paulista”.
Doroti Alves Ferreira – Diretora do Departamento Regional de Saúde (DRS) VI.